Sociedade Civil manifesta repúdio à contratação de Urzêda

309 Views

Confira abaixo, nota pública, assinada por mais de 70 entidades de movimentos sociais e sociedade civil, endereçada ao prefeito do município de Goiânia-GO, Rogério Cruz.

Nota Pública Contra a Nomeação do Coronel Urzêda

Senhor Rogério Cruz, Prefeito de Goiânia,

O Comitê Goiano de Direitos Humanos Dom Tomás Balduíno, articulação composta por mais de 80 entidades de movimentos sociais e sociedade civil, vem a público repudiar a nomeação do Coronel Wellington de Urzêda Mota, ocorrida na data de 13 de abril de 2021, para o cargo de Secretário Executivo para Assuntos Sociais do Escritório de Prioridades Estratégicas da Prefeitura de Goiânia.

Conforme se verifica na Lei Municipal nº 335/2021, que redefine a estrutura administrativa do Poder Executivo Municipal, aprovada no primeiro dia dessa nova gestão, o Escritório de Prioridades Estratégicas possui importância fundamental por ser responsável pelo planejamento e gerenciamento dos projetos considerados de maior relevância no campo social para esta capital.

Para coordenar tal pasta, bem como as demais secretarias, Vossa Senhoria tem se pronunciado publicamente no sentido de que escolherá perfis técnicos. Entretanto, não é o caso do citado Coronel, já que ele não possui experiências anteriores no campo da ação social, seja de cunho acadêmico, na formulação de políticas públicas ou no desenvolvimento de projetos sociais reconhecidos nesta área.

Além de não possuir capacitação técnica, o citado Coronel é relacionado a escândalos públicos e processos judiciais estaduais e federais relacionados à violência policial, que envolveram a Rotam – Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana, da qual foi comandante. A população socialmente vulnerável é justamente a que mais sofre com a violência policial, sendo o grupo a ser atingido pelas políticas públicas desenvolvidas pela pasta que agora é ocupada pelo Coronel Urzêda.

Em suas manifestações públicas, o Coronel defende o armamentismo, o punitivismo e o encarceramento como solução para a criminalidade, posição que esvazia tanto a postura de compreensão crítica dos problemas sociais, quanto as ações políticas centradas no diálogo e na construção de alternativas sócioeducacionais para efetivamente promover transformações sociais e empoderar as populações periféricas, que hoje enfrentam uma severa crise humanitária.

Deste modo, compreendemos que existem em Goiânia inúmeras pessoas que possuem perfil técnico na área social e experiência política agregadora para tal função, sem a mácula de um passado que em tantos ainda gera dor, intimidação e descrédito na ação do Poder Público.

Por entendermos que não é esta a mensagem que a nova gestão da Prefeitura pretende transmitir aos cidadãos goianienses, pedimos que o Coronel seja retirado de tão simbólico cargo.

Assinam esta Nota (em ordem alfabética):

  1. #PARTIDA GOIÂNIA
  2. #SOLIDARIZAGOIANIA
  3. ABREPAZ – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA ESPÍRITA DE DIREITOS HUMANOS E CULTURA DE PAZ
  4. ARCA –  ASSOCIAÇÃO PARA RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO AMBIENTE
  5. ARCA – ASSOCIAÇÃO PARA RECUPERAÇÃO DO MEIO AMBIENTE
  6. ARTIGO QUINTO
  7. ASSIBGE SN GOIÁS – SINDICATO NACIONAL DOS TRABALHADORES DO IBGE EM GOIÁS
  8. ASSOCIAÇÃO GOIANA DA ADVOCACIA SINDICAL OBREIRA – ASIND
  9. ASSOCIAÇÃO MULHERES NA COMUNICAÇÃO
  10. BLOCO ANTICAPITALISTA
  11. BLOCO NÃO É NÃO
  12. BRCIDADES
  13. CAMINHOS DO BEM GOIÁS
  14. CENTRO BRASILEIRO DE ESTUDOS EM SAÚDE GOIÂNIA
  15. CENTRO CULTURAL CARAVIDEO
  16. CENTRO CULTURAL ELDORADO CARAJÁS
  17. CENTRO DE ESTUDOS BÍBLICOS- CEBI
  18. CENTRO DE FORMAÇÃO, ASSESSORIA E PESQUISA EM JUVENTUDE – CAJUEIRO
  19. COLETIVO CONEXÃO FEMINISTA
  20. COLETIVO DE ADVOGADOS E ADVOGADAS POPULARES LUIZ GAMA
  21. COLETIVO MENTE SATIVA
  22. COMISSÃO DOMINICANA DE JUSTIÇA E PAZ DO BRASIL
  23. COMITÊ GOIANO DE DIREITOS HUMANOS DOM TOMÁS BALDUÍNO
  24. CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE GOIÂNIA – CMS
  25. CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL – CRESS GOIÁS
  26. CORRENTE SOLIDÁRIA GO
  27. CSA – COMUNIDADE QUE SUSTENTA A AGRICULTURA
  28. CTB GOIÁS
  29. CURSO DE VERÃO
  30. DESENCARCERA GOIÁS
  31. DEVIR SOCIAL
  32. FÓRUM DE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE GOIÁS
  33. FÓRUM GOIANO EM DEFESA DOS DIREITOS DA DEMOCRACIA E DA SOBERANIA
  34. FREI MARCOS SASSATELI – COMISSÃO DOMINICANA DE JUSTIÇA E PAZ
  35. GRUPO ELES POR ELES
  36. IBRACE – INSTITUTO BRASIL CENTRAL
  37. INSTITUTO ANJOS DA LIBERDADE
  38. INSTITUTO MEMÓRIA E RESISTÊNCIA
  39. INTERSINDICAL – CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA
  40. JORNALISTAS LIVRES
  41. MÃES DE MAIO DO CERRADO
  42. MANDATO DO DEPUTADO ANTÔNIO GOMIDE
  43. MANDATO POPULAR DEPUTADA DELEGADA ADRIANA ACCORSI
  44. MANDATO POPULAR DEPUTADO FEDERAL RUBENS OTONI (PT-GO)
  45. MANDATO POPULAR VEREADOR MAURO RUBEM
  46. MANDATO VEREADORA AAVA SANTIAGO (PSDB)
  47. MARINA SANT’ANNA, EX-DEPUTADA FEDERAL (PT-GO) E VEREADORA EM GOIÂNIA
  48. MOVIMENTO CAMPONÊS POPULAR – MCP
  49. MOVIMENTO DE MENINOS E MENINAS DE RUA DE GOIÁS
  50. MOVIMENTO ESMERALDINO ANTIFASCISMO
  51. MOVIMENTO NACIONAL DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA – GO
  52. MOVIMENTO NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS (MNDH)
  53. MOVIMENTO NOSSO GOIÁS
  54. MOVIMENTO POLICIAIS ANTIFASCISMO
  55. MOVIMENTO POPULAR TERRA LIVRE
  56. MOVIMENTO SEM TERRA – MST
  57. MOVIMENTO VILA NOVA ANTIFASCISMO
  58. NÚCLEO DE ASSESSORIA JURÍDICA UNIVERSITÁRIA POPULAR PEDRO NASCIMENTO (NAJUP PEDRO NASCIMENTO)
  59. NÚCLEO DE DIREITOS HUMANOS UFG (NDH – UFG)
  60. NÚCLEO DE DIREITOS HUMANOS, EDUCAÇÃO E MOVIMENTOS SOCIAIS (NUDHEM)
  61. NUCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE CRIMINALIDADE E VIOLÊNCIA DA UFG – NECRIVI
  62. OBSERVATÓRIO JUVENTUDES NA CONTEMPORANEIDADE
  63. PARÓQUIA ANGLIANA SÃO FELIPE, DIOCESE ANGLICANA DE BRASILIA, IGREJA EPISCOPAL ANGLICANA DO BRASIL
  64. PASTORAL CARCERÁRIA DO ESTADO DE GOIÁS
  65. PASTORAL DA JUVENTUDE DO MEIO POPULAR
  66. PE. GERALDO MARCOS LABARRERE NASCIMENTO, JESUÍTA
  67. PEDRO WILSON- EX-PREFEITO DE GOIÂNIA E EX-DEPUTADO FEDERAL (PT-GO)
  68. PONTO DE CULTURA A CASA DE VIDRO
  69. PROVÍNCIA FREI BARTOLOMEU DE LAS CASAS – FRADES DOMINICANOS NO BRASIL
  70. SINDICATO DOS PROFESSORES DO ESTADO DE GOIÁS – SINPRO GOIÁS
  71. SINDICATO DOS TRABALHADORES DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE GOIÁS – SINTEF-GO
  72. SINDICATO DOS TRABALHADORES FEDERAIS EM SAÚDE E PREVIDÊNCIA SOCIAL NOS ESTADOS DE GOIÁS E TOCANTINS – SINTFESP-GO/TO
  73. SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL NO ESTADO DE GOIÁS
  74. SINDICATO INTERMUNICIPAL DOS TRABALHADORES NO TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE GOIÂNIA E REGIÃO METROPOLITANA – SINDCOLETIVO
  75. SINDICOM – SINDICATO DOS TRABALHADORES EM COMUNICAÇÃO NO ESTADO DE GOIÁS
  76. SINDIJOR GOIÁS – SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DE GOIÁS
  77. SOCIEDADE MARANHENSE DE DIREITOS HUMANOS – SMDH
  78. STIUEG – SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS URBANAS NO ESTADO DE GOIÁS
  79. SUBVERTA GOIÁS
  80. MÃES PELA PAZ
  81. SINDSAÚDE – SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DO ESTADO DE GOIÁS

Comentar