Disponibilizado formulário para atualização cadastral de jornalistas filiados/as em Goiás

A diretoria do Sindjor Goiás solicita aos/as jornalistas filiados/as que realizem a atualização do seu cadastro o mais breve possível. A atualização pode ser feita on-line por meio do formulário disponibilizado abaixo ou na secretaria do sindicato, de segunda à sexta, das 12h30 às 17h30.

O motivo desta solicitação é que muitos jornalistas estão com e-mail e telefone desatualizados, dificultando a comunicação. Além disso, estão sendo implantadas melhorias para envio dos comunicados para os/as jornalistas filiados/as e, também, em razão das eleições da Fenaj, que ocorrerão nos dias 26, 27 e 28 de julho. A votação será on-line e o link será enviado por e-mail.

Clique aqui e acesse o formulário.

Sobre as eleições da Fenaj

Conforme site da Fenaj, é eleitor(a) todo(a) jornalista sindicalizado(a) em dia com sua mensalidade sindical. Pelo Regimento Eleitoral, o(a) profissional que estiver com mensalidades em atraso deve procurar seu Sindicato para quitar o débito até o dia 6 de julho, ou seja, 20 dias antes do início das eleições. Para receber o link de acesso ao sistema de votação, o(a) jornalista deve manter seu e-mail atualizado junto ao seu Sindicato de origem.

Inscrições abertas para oficina sobre ferramentas do Twitter

O Sindicato dos Jornalistas de Goiás convida os/a filiados/as a participarem da oficina sobre ferramentas de controle da experiência e segurança no Twitter, no dia 3 de maio de 2022, terça-feira, das 11h às 12h (horário de Brasília), de forma remota e gratuita, mediante inscrição prévia até às 16h do dia 2 de maio.

A oficina será ministrada pela própria equipe do Twitter, tendo sido solicitada pela Federação Nacional dos Jornalistas. Os/as jornalistas filiados/as que tiverem interesse em participar deverão entrar em contato no WhatsApp do Sindjor Goiás para efetivar a inscrição e receber o link de acesso, que será disponibilizado na véspera pelo próprio Twitter.

Clique aqui e fale agora no WhatsApp do Sindjor Goiás – (62) 99452-1640 para inscrever-se, impreterivelmente, até às 16h do dia 2 de maio, segunda-feira.

Jornalista tem 50% de desconto no show da banda Guns N’ Roses

O Sindjor Goiás celebrou convênio com a organização do Show da banda Guns N’ Roses. Jornalista com carteira da Fenaj tem 50% de desconto na compra do ingresso.

No dia do evento é obrigatório a apresentação da Carteira de Identidade de Jornalista.

Para realizar a compra basta acessar o site https://www.eventim.com.br/campaign/gunsnroses e inserir o código GUNSJORNALISTAS22. Válido na compra de até duas inteiras, enquanto durar a disponibilidade de ingressos.

Campanha salarial: assembleia no dia 19 de abril

Nesta terça-feira, 19 de abril, realizaremos a nossa Assembleia Geral Ordinária para a Campanha Salarial. Será discutido e colocado para aprovação a proposta a ser encaminhada às empresas, contendo a Proposta de Reposição Salarial 2022/2023. 

  • Data: 19 de abril (terça-feira)
  • Horário: 19 horas
  • Local: Auditório do Sindjor Goiás (Avenida Anhanguera, nº 5389, Edifício Anhanguera, Sala 1306, Centro, Goiânia – GO.

Caso o/a jornalista não possa participar presencialmente, basta entrar em contato para receber o link de acesso pela Internet. 

São DOIS anos com reposição abaixo da inflação. PARTICIPE! 

Sindjor Goiás repudia intimidação feita por vereador a jornalista de Anápolis

Nota de repúdio

O Sindicato dos Jornalistas de Goiás e a Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ – vem a público repudiar as várias tentativas de intimidação feitas pelo vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Anápolis, Leandro Ribeiro da Silva (Progressistas) ao profissional Fernando Farias de Oliveira.

O vereador, que também já presidiu uma equipe de futebol profissional em Anápolis, vem fazendo reiteradas ameaças ao jornalista desde o início do ano. Mas agora, em 5 de dezembro de 2021, o vereador aumentou o tom das ameaças com graves insinuações à integridade física do citado repórter.

O Sindicato dos Jornalistas de Goiás cobra das autoridades policiais do Estado de Goiás as providências necessárias para garantir a vida do jornalista Fernando Farias e, ao mesmo tempo, fazer cessar as ameaças por parte do vereador e ex-presidente de clube de futebol, Leandro Ribeiro da Silva.                                                          

Goiânia, 08 de dezembro de 2021.

Diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Goiás

Adeus a Helvécio Cardoso

O ilustrador, advogado e músico experimental goiano Helvécio Cardoso faleceu no último dia 15, aos 66 anos, em decorrência de um câncer no estômago.

Helvécio era formado em Direito pela UFG, mas atuou no meio jornalístico, como no Diário da Manhã, no Jornal Opção e na Folha de Goiás.

Notabilizou-se principalmente como analista político, tendo também destacada militância contra a ditadura militar e pela restauração das liberdades democráticas na década de 80, pelo PCB, e defendendo as mesmas causas sociais e populares pelo PDT nos últimos anos.

O Sindicato dos Jornalistas do Estado de Goiás deixa suas condolências aos amigos e à família e se soma às homenagens ao profissional, que era querido entre os jornalistas.

FENAJ abre inscrições para curso “Como se proteger de ataques e ameaças online”

Estão abertas as inscrições para o curso “Como se proteger de ataques e ameaças online”, uma iniciativa da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), com apoio do Fundo de Direitos Humanos dos Países Baixos. Dirigida a profissionais e estudantes de jornalismo, a formação é gratuita e acontecerá no dia 27 de novembro (sábado), das 9h às 16h, em plataforma digital. As inscrições vão até o dia 25/11.

Faça sua inscrição aqui

O curso faz parte do projeto “Monitoramento da Violência contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa no Brasil – Ano 2021”, que tem por objetivo monitorar a crescente violência contra a categoria no país a partir da coleta de dados pelos 31 Sindicatos de Jornalistas filiados. Como parte dessa iniciativa, a FENAJ realizou, em agosto deste ano, o seminário online  “Violência contra Jornalistas: denunciar para combater e se proteger para evitar”.

O seminário foi dividido em duas etapas, sendo a primeira intitulada “Violência contra jornalistas: como, onde e porque denunciar”. A segunda etapa consiste no curso “Como se proteger de ataques e ameaças online”, que terá três módulos: Segurança digital e privacidade do jornalista, Atuação do jornalista nas redes sociais digitais e Como reagir a ataques online: medidas legais cabíveis e ferramentas de controle das plataformas.

O objetivo do projeto é capacitar jornalistas para promoverem denúncias sobre agressões e cerceamento ao exercício profissional, bem como para se defenderem de ataques virtuais, além de denunciar as agressões contra a categoria no Brasil e internacionalmente.

Confira a programação:

9h às 9h30 – Abertura

9h30 às 10h30 – Módulo 1 – Segurança digital e privacidade do jornalista

Neste módulo, serão apresentadas de forma didática as ferramentas para garantir a segurança online. O jornalista entenderá a importância de protocolos de segurança digital para evitar invasões e ataques de pishing e verá dicas do que fazer em casos de suspeitas de ataques.

10h30 às 12h – Módulo 2 – Atuação do jornalista nas redes sociais digitais

O módulo abordará a importância da transparência e como as novas tecnologias e padrões éticos são fundamentais para que o jornalista possa atuar de forma ativa em sua missão de contextualizar debates e propor discussões construtivas à sociedade, tendo por base a informação de interesse público.

14h às 16h – Módulo 3 – Como reagir a ataques online: medidas legais cabíveis e ferramentas de controle das plataformas

O módulo abordará o passo a passo do que pode ser feito em casos de assédio e de ameaças online, os órgãos de denúncia adequados e os possíveis recursos judiciais que podem ser aplicados. A importância das ferramentas de controle de conteúdo das plataformas para a defesa do jornalista.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO AQUI

Nota de pesar pela morte de Maísa Lima

O Sindicato dos Jornalistas do Estado de Goiás (Sindjor-GO) lamenta profundamente a morte da jornalista Maísa Lima, que ocorreu na noite de segunda-feira (9) em decorrência de uma parada cardíaca.

Além de diretora do Sindjor, Maísa era assessora da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e atuou ainda em grandes veículos de comunicação.

O Estado e o País perdem uma grande jornalista, que lutava pelo direito da categoria e de todos/as os/as trabalhadores/as.

Perdemos ainda uma pessoa iluminada, dona de um sorriso imenso e que era querida por todos aqueles que a conheciam. Desta forma, o Sindjor Goiás deixa os sinceros sentimentos à família, colegas de trabalho e amigos/as neste momento de imensa dor.

Sindjor Goiás e FENAJ repudiam ataque ao portal Mais Goiás

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e o Sindicato dos Jornalistas de Goiás (Sindjor Goiás) repudiam a agressão feita ao veículo Mais Goiás, que teve sua conta do Instagram derrubada, no domingo (12), após ataques coordenados motivados por contas de redes sociais bolsonaristas. O ataque ocorreu após artigo publicado pelo jornalista Pablo Kossa, “Bolsonarismo de ressaca”.

O Sindjor e a Fenaj ressaltam que a liberdade de imprensa é um dos pilares da democracia e que ataques contra opiniões contrárias somente revelam uma tendência autoritária. Desta forma, as entidades se solidarizam com o Mais Goiás e esperam que o veículo de comunicação recupere de forma breve a sua conta.

Live aborda sobre cuidados com a saúde vocal de jornalistas

No dia 9 de agosto, segunda-feira, às 19h30, o Sindjor Goiás vai promover uma live no Instagram @jornalistasgo, com um convidado especial para falar sobre “Cuidados com a saúde vocal de jornalistas”. Uma das diretoras do sindicato, a jornalista Denise Rasmussen, vai bater um papo com o fonoaudiólogo Rubens Rodrigues (CRFª 5 – 10969). 

Conforme a jornalista, a saúde vocal das pessoas é algo muito sério e que merece atenção. “Especialmente para jornalistas, que usam a sua voz na atuação profissional como ferramenta de trabalho, a atenção precisa ser redobrada. E nós do sindicato estamos atentos a isso. Durante a live os jornalistas também poderão interagir e enviar suas dúvidas ao profissional, ao vivo”, pontua.

Sobre o fonoaudiólogo Rubens Rodrigues

Rubens realiza atendimentos fonoaudiológicos em consultório. Mas, também é ator, diretor, professor de teatro e possui curso profissionalizante em Canto popular e violão, pelo Centro Livre de Artes.

Como ator e diretor de teatro, ele dirigiu e atuou em obras de autores consagrados da dramaturgia estrangeira e nacional como: Shakespeare, Nicolai Gogol, Sófocles, Aristófanes, Oscar Wilde, Nelson Rodrigues, Oduvaldo Viana Filho, Chico Buarque, Paulo Pontes, Ariano Suassuna entre outros. Atuou em comericiais de TV: Classitel, Jonal Daqui, Rainha das Tintas, Casas Carajá, Diário da Manhã, Reforma do Teatro Goiânia, Terça Cultural e Novo Mundo Sábado legal.

O fonoaudiólogo também é preparador cênico e vocal de cantores e grupos musicais na cidade de Goiânia. Atua também em abertura e apresentação de eventos, oficinas para melhoria da comunicação e expressividade vocal e corporal em empresas.

Vacinação de jornalistas: finalmente categoria foi incluída para receber a vacina da COVID-19

Profissionais da imprensa receberam a informação da inclusão no grupo prioritário para vacinação contra a COVID-19, em Goiás. O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Ronaldo Caiado, por meio de suas redes sociais, nesta quinta-feira, 24 de junho. Desde dezembro de 2020 o Sindjor Goiás e a Fenaj vem buscando sensibilizar as autoridades sobre essa necessidade. 

De acordo com o presidente do Sindjor Goiás, Cláudio Curado, foram enviados três ofícios à Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO). “O sindicato, desde dezembro passado, tenta sensibilizar o governo para a necessidade de vacinar jornalistas e demais comunicadores contra a COVID-19. O primeiro ofício foi feito em dezembro, com resposta negativa, em fevereiro outro, sem resposta, e mais um abril”, afirma. 

No anúncio do governador foi informado que as novas remessas de vacina contra a COVID-19 terão reserva de 10% para garis, profissionais de imprensa e lactantes. Segundo ele, os 90% restantes serão para continuidade da imunização por idade decrescente. 

Até o momento, o Sindjor Goiás não recebeu informações sobre como serão os critérios para a vacinação de jornalistas em cada uma das cidades goianas, exceto Aparecida de Goiânia, cujo critério será o local de trabalho do/a jornalista. Conforme foi repassado ao Sindjor Goiás, serão vacinados em Aparecida de Goiânia os/as jornalistas que trabalharem em Aparecida, mesmo que residam em outra cidade. 

Demais ações do Sindjor Goiás e Fenaj

O presidente do Sindjor Goiás informa que no início do mês de junho esteve com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha e fez a entrega do ofício. 

Em Goiânia, solicitou ao presidente da Câmara Romário Policarpo, que apresentou requerimento aos demais vereadores, que aprovaram durante a sessão. O documento iria ser enviado ao prefeito, mas não houve retorno da Prefeitura de Goiânia até o momento.

Paralelamente a isso, jornalistas protocolizaram ofícios nas cidades de Porangatu, Niquelândia,  Anápolis,  Itumbiara,  Formosa, Catalão e Rio Verde. 

No dia 9 de junho, Dia Nacional da Imunização, o Sindjor Goiás apoiou e participou de ação promovida pela Fenaj, pedindo a vacinação da imprensa. Jornalistas goianos também aderiram à campanha, vestindo azul e publicando em suas redes sociais, com o objetivo de sensibilizar as autoridades. 

“Recebemos esse anúncio nesta quinta-feira, 24, com muita alegria, pois é uma necessidade do/a jornalista que está na linha de frente trazendo informação de qualidade para a sociedade e combatendo as fake news. Nossa reivindicação é justa. E, neste momento, aguardamos as orientações dos municípios goianos a respeito da vacinação. Em Goiânia, já me coloquei à disposição do secretário de comunicação para ajudar na definição dos critérios”, finaliza Cláudio.

Cláudio Curado e prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha
Cláudio Curado e chefia de gabinete do vereador Romário Policarpo
Sheilismar Ribeiro e a prefeita de Porangatu, Vanuza Valadares

Jander Paulo e prefeito de Formosa, Gustavo Marques

Câmara de Goiânia aprova requerimento para vacinação de jornalistas

O presidente do Sindjor Goiás, Cláudio Curado, esteve na Câmara Municipal de Goiânia nesta manhã, 8/6, para pedir apoio do presidente da Casa, vereador Romário Policarpo para a inclusão de jornalistas e comunicadores como prioridade para vacinação em Goiânia.

O vereador apresentou o requerimento na Câmara ainda na manhã do mesmo dia, que foi aprovado pelos demais vereadores. Agora, o documento será encaminhado ao prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, para aprovação.

Conforme Cláudio, os/as jornalistas estão expostos a riscos, no exercício da profissão para buscar as informações corretas para a sociedade, além de atuarem para combater as fake news. “É necessário vacinar os/as jornalistas para que possam continuar desempenhando o seu trabalho com maior segurança no combate à desinformação”, conclui.

Romário Policarpo | Foto: Mariana Capeletti – Câmara Municipal
Romário Policarpo | Foto: Mariana Capeletti – Câmara Municipal

“Em inúmeras capitais os jornalistas já estão sendo vacinados. Isso se deve a importância do esclarecimento da população, devido a necessidade de exporem em inúmeros contatos em busca de informações”.

Vereador Romário Policarpo.