Início SindjorGoiás Orientação aos profissionais e empresas de comunicação sobre pandemia

Orientação aos profissionais e empresas de comunicação sobre pandemia

COMPARTILHAR

CARTA-CIRCULAR COVID-19

Assim como os(as) trabalhadores(as) da saúde, os(as) jornalistas e demais profissionais da comunicação, estão na linha de frente contra essa pandemia. No nosso caso, agimos para combater a desinformação e as falsas informações, reforçando o caráter social do jornalismo.

Em virtude disto, vimos por meio desta, orientar empresas de comunicação, assessorias de imprensa, jornalistas e demais profissionais da comunicação:

  1. Sob hipótese alguma colocar profissionais da mídia em contato (entrevistas) pessoal com pessoas suspeitas ou com diagnóstico confirmado de Covid-19, bem como familiares e pessoas próximas a elas;
  2. Reconhecer e negociar com o sindicato para identificar ameaças à saúde, direitos e bem-estar dos(as) jornalistas;
  3. Envolver os jornalistas nos processos de identificação e prevenção ao Covid-19 nos locais de trabalho;
  4. Garantir que o plano de saúde esteja em vigor, caso necessário;
  5. Reduzir quantidade de profissionais nas redações e ampliar possibilidade de trabalho remoto;
  6. Manter o pagamento integral e em dia de todos(as) os(as) jornalistas que por ventura sejam contaminados ou direcionados ao trabalho remoto ( home office);
  7. Oferecer ambiente seguro e possibilidade de trabalho remoto, sem reduzir salários e outros ganhos do profissional e ainda subsidiando os custos extras do profissional com telefone e outras despesas necessárias ao bom andamento do serviço;
  8. Fornecer lavatórios com água, sabão, toalhas descartáveis e álcool a 70% aos profissionais no local de trabalho;
  9. Reforçar higienização de corrimãos, maçanetas, mesas de trabalho, teclados, mouses, telefones, garrafas de água e café e outros locais de múltiplo contato; 
  10. Trabalhadores em atividades externas devem receber da empresa, sem custo, máscaras, álcool gel e outros equipamentos necessários para evitar a contaminação e a disseminação de doenças.

Agindo assim, de maneira consciente e respeitosa para com os(as) profissionais de comunicação, continuaremos nossa luta diária para informar, com redução de possibilidade de sermos contaminados ou sermos disseminadores de doenças.

Atenciosamente,
Claudio Curado Neto
Presidente do Sindjor Goiás